Organização cristã premiada por campanha “Curtir não é ajudar”, que motiva levar ações de solidariedade para fora das redes sociais

A Crisis Relief de Cingapura (CRS) é uma organização cristã de ajuda humanitária formada apenas por voluntários que lançou uma chocante campanha publicitária com o objetivo de mobilizar as pessoas a não limitarem suas ações de ajuda humanitária a apenas “compartilhar” e “curtir” postagens nas redes sociais.chartMuitas vezes os compartilhamentos e “curtidas” em imagens sobre problemas humanitários nas redes sociais, sobretudo no Facebook, são motivadas por uma falsa ideia de que o Facebook fará doações para uma determinada causa caso se atinja um número específico de mobilizações de usuários em torno dessas postagens.

Crisis-Relief-03

Criada pela agência Publicis Singapore, a campanha mostra imagens reais e chocantes de catástrofes onde, ao redor, várias pessoas aparecem com os polegares para cima, em alusão ao ícone do botão “Curtir” (Like, em inglês) do Facebook.

Com o lema “Abrindo portas através do amor de Deus” a campanha visa tirar os seus doadores da chamada “zona de conforto”, especialmente os mais jovens.

Em sua mobilização para fora das redes sociais, a organização cristã carrega o slogan “Seja um voluntário. Mude uma vida”, de forma a motivar as pessoas saírem do computador e trabalharem de maneira efetiva em prol do bem da humanidade.

Em seu site, a CRS explica que

“está empenhada em treinar e preparar voluntários para o trabalho de ajuda a desastres em várias partes do mundo, através de profissionais de saúde, oferecendo ainda aconselhamento”.

flood_1

A CRS acredita que, como cristãos, devemos estender nossas mãos, que revelam o amor de Deus, para as pessoas dessas áreas afetadas usando maneiras práticas, combinadas com a oração. Embora sejamos sensíveis a questões religiosas e culturais das pessoas com quem trabalhamos, queremos demonstrar o amor de Deus por meio de nossas ações – ressalta o texto no site da entidade.

De acordo com o Bored Panda, a campanha chamou atenção também no mundo da propaganda, e conquistou um “Leão de Ouro” na categoria Imprensa, no recente Festival de Publicidade de Cannes.

 

Fonte: Notícias Gospel +

Avalie este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *