Um algorítimo leu o livro de Eclesiastes e teve infinitas interpretações

Compartilhe

Algorítimo

Como seria se o Livro de Eclesiastes se multiplicasse por um número infinito de exemplares com diferentes interpretações?

Há dezenas de traduções inglesas da Bíblia, por exemplo, mas há também muitas traduções dela para praticamente todas as línguas conhecidas e, muitas vezes, as diferenças existentes entre elas podem alterar drasticamente o significado do conteúdo, e uma discordância interpretativa pode ser o suficiente para eclodir inúmeros conflitos teológicos.

Em 2017 depois de Cristo, surge o Hyperbible – um algorítimo que gera interpretações da Bíblia, usando gramática generativa para criar um conjunto infinito de frases. A aplicação foi desenvolvida por Katherine Ye, estudante de ciências da computação da Universidade Carnegie Mellon, nos EUA.

Segundo o site de variedades Vice, o Hyperbible é um sistema capaz de criar novas traduções do Livro de Eclesiastes, uma coleção de provérbios e conselhos que faz parte da Bíblia. Usando apenas versões da Bíblia em inglês, a aplicação recorre a análise combinatória para gerar múltiplas interpretações do livro.

O Livro de Eclesiastes, que teria sido escrito pelo rei Salomão na sua velhice, é composto por 12 capítulos e 222 versículos, e cada um dos versículos pode ser interpretado de dez formas diferentes, que podem, por sua vez, ser combinadas de forma diferente também.

Em cada versículo, o Hyperbible seleciona aleatoriamente uma entre as dez diferentes traduções do Eclesiastes, ordenando-as com base nos capítulos originais, até obter um livro completo. O resultado é um número quase infinito de versões do livro.

A probabilidade de dois leitores se depararem com o mesmo Livro de Eclesiastes ao longo da vida é zero, garante Ye.

O código-fonte do Hyperbible foi criado em novembro de 2017, durante o NaNoGenMo (National Nover Generation Month), iniciativa que desafia programadores a desenvolverem algoritmos com o intuito de escreverem livros.

Lidando com um tema espinhoso

Mas, diferentemente das sopas de letrinhas que outros algoritmos podem criar, o Hyperbible foi desenvolvido cuidadosamente para lidar com o tema espinhoso: a tradução bíblica.

Ye sabia bem dos perigos de se confiar numa única tradução da Bíblia graças à sua mãe, chinesa, que sempre preferiu a versão inglesa em detrimento da língua chinesa por acreditar que a primeira estaria mais próxima da palavra de Deus.

Quando a tradução como um todo ganha um nome bacana e é canonizada, como a Bíblia do Rei James, é fácil esquecer a camada intersticial. Escolher aleatoriamente as traduções amplia o desconforto que se deve sentir ao ler qualquer coisa que traduzida, disse Ye.

Futuramente, Ye gostaria de trabalhar com estudiosos bíblicos para analisar textos controversos e, assim, determinar a intenção do autor do livro de Eclesiastes, mas por enquanto, ela não planeja hiper-traduzir toda a Bíblia.

Para aqueles que se aventuram em programação computacional querem conhecer mais sobre o Hyperbible, acesse este link.

Nota do Raciocínio Cristão

Podemos entender de forma simples nesta notícia que, apesar de ser apenas um projeto que usa um algorítimo computacional, a autora quis mostrar um grande problema que existe nas várias traduções que trazem também inúmeras interpretações para um mesmo assunto bíblico.

Quando o estudioso da Palavra procura entender melhor uma aparente “contradição”, uma “dificuldade textual” ou um “contexto cultural”, ele sempre recorre às escrituras originais (hebraico, aramaico e grego) ou para as versões mais antigas destas para ter uma real ou mais aproximada interpretação de um determinado assunto. O mais incrível é que a própria Bíblia explica como ela deve ser entendida: Isaías 28:10.

 

Referências:

Zap – Um algoritmo leu a Bíblia (e deu-lhe interpretações infinitas)

Vice – Este software está remixando as traduções da Bíblia para encontrar novos significados

Imagem fonte: Reprodução Google

1 Comentário em "Um algorítimo leu o livro de Eclesiastes e teve infinitas interpretações"

avatar
  Subscribe  
mais novo mais antigo mais votado
Não comentarei, mas:
mario massao iwase
Visitante

Independentemente d’água apresentar se na sempre mesma fórmula , H2O, em condições específicas , ou em cada condição ela pode se apresentar -se de formas diferentes; ora líquida , ora sólida ou mesmo gasosa para diferentes meandros de sua volatilidade. Assim também é o Espírito, que em cada particularidade para seu discernimento da Palavra, Ele nos faz compreender a mensagem e o seu enunciado para cada fim.

Translate / Traduzir