O morador de rua de 98 anos que doa tudo o que ganha para ajudar outras pessoas

O “vovô Dobri” como é carinhosamente chamado, é um morador de rua na aldeia de Bailovo, na Bulgária.

Não se engane pela aparência não ser das melhores, ter a barba grande, roupas muito gastas, um rosto cheio de marcas deixadas pela vida, pois este homem de 98 anos acorda cedo, anda cerca de 10 km todos os dias até a capital do país, Sofia, e começa a pedir esmolas para as pessoas que passam. chartSempre muito simpático, ele agradece a todos que o ajudam, beijando as mãos das pessoas.

dobri_interna

Mas quem pensa que ele compra comida ou roupa com o que arrecada, está bem enganado. Ele doa tudo que ganha para orfanatos, igrejas e outros moradores de rua.

A história desse “vovô caridoso” foi a tona quando ele doou R$ 80 mil para uma igreja em Sofia, a maior arrecadação que a igreja teve em todos os séculos de existência. Dobri se sente muito feliz em ajudar os outros, e vive apenas com 100 euros de sua aposentadoria.

Dyado_Dobri_Dobrev_05

Este homem nos mostra muita coisa, seu amor incondicional pelas pessoas é comovente, e nos dá esperança em épocas de notícias tão cruéis veiculadas todos os dias na grande mídia.

POBRE

 

E o melhor, mostra que este homem segue realmente o que Jesus ensinou:

“O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.” João 15:12 / Mateus 25:31 a 40

Fonte: R7

Imagens fonte: Reprodução Google

O morador de rua de 98 anos que doa tudo o que ganha para ajudar outras pessoas
1 votos até agora

Um comentário em “O morador de rua de 98 anos que doa tudo o que ganha para ajudar outras pessoas

  • 28 de novembro de 2016 em 10:16 PM
    Permalink

    Sem falar do morador de rua chamado Francisco Lima que deu sua voda para salvar aquela garota na catedral da Sé.
    Mas certas pessoas preferem yoga, palavrinhas de auto ajuda, horóscopo, supertições.
    Adoram falar dos problemas do mundo cercados no conforto de suas grades vigiadas, onde esses moradores de rua sequer são bem vindos.
    Mas sabemos que isso só ajuda a testificar as coisas a respeito fim.
    Deus vos abençoe!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *