Sara Winter, ex líder feminista extremista, vem à público em vídeo pedir perdão aos cristãos

Sara Winter foi ativista do FemenBrazil e líder do movimento feminista Bastardxs, que costumava protestar contra o que chamava de “opressão religiosa”, pois achava que as instituições religiosas, principalmente as cristãs, atrasam o desenvolvimento de nossa política, liberdade, principalmente direitos reprodutivos da mulher e também às políticas públicas voltadas para o público LGBT.

qr code Sara Winter

Chegou a fazer vários protestos usando símbolos cristãos como deboche, além de ficar seminua e realizar “beijaços gays” em frente à igrejas.

Protesto feminista que Sara Winter organizou em frente a Igreja da Candelária no Rio de Janeiro
Protesto feminista que Sara Winter organizou em frente a Igreja da Candelária no Rio de Janeiro

Porém, as coisas mudaram. Após ter um filho e arrependida (após ter um “choque de realidade”), Sara tornou-se novamente ativista, só que agora contra o movimento feminista e esquerdista, chegando a lançar um Livro sobre o assunto, com o título “Vadia, Não! Sete vezes que fui traída pelo Movimento Feminista”.

Capa do Livro de Sara Winter no qual ela luta contra o extremismo feminista
Capa do Livro de Sara Winter no qual ela luta contra o extremismo feminista

Ela também revela tanto no vídeo quanto nas redes sociais que vem sofrendo muita perseguição desses movimentos da qual antes fazia parte. Embora ela não seja mais feminista extremista, continua lutando pelos direitos das mulheres, mas agora com uma nova visão da realidade, pensando nos princípios verdadeiros do valor de uma mulher para sociedade.

Postagem da página de Sara no Facebook, agora lutando contra uma das coisas que antes defendia.
Postagem da página de Sara no Facebook, agora lutando contra uma das coisas que antes defendia.

Sara também afirma que tornou-se bem mais espiritualizada e está aprendendo a basear sua vida em personalidades religiosas como Jesus Cristo, Virgem Maria, entre outras. Ela também disse estar tentando seguir os 10 mandamentos de Deus, os quais ela afirma que para ela “não existe nada mais lindo na face da Terra” e ainda faz um apelo para que todos os seres humanos tentem segui-los também.

Postagem da página de Sara no Facebook, antes desrespeitosa e anti-religião, agora pede respeito às mulheres religiosas.
Postagem da página de Sara no Facebook, antes desrespeitosa e anti-religião, agora pede respeito às mulheres religiosas.

Veja abaixo o vídeo de Sara Winter no qual ela pede perdão aos Cristãos pelo protesto feminista:

Mídias sociais de Sara Winter, para quem quiser acompanhar:

Sara Winter, ex líder feminista extremista, vem à público em vídeo pedir perdão aos cristãos
1 votos até agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *